Apesar da distância geográfica entre os dois países, os laços culturais estão se desenvolvendo ativamente. Festivais da cultura ibero-americana, mais grupos artísticos viajando em turnê na América Latina, exposições de arte, semanas da cinema russa e dias da cultura russa – tudo isso fortalece tradições da cooperação cultural entre a Rússia e o Brasil.

Entre grandes projectos de cooperação cultural são abertura da primeira e até agora a única escola estrangeira do Teatro Bolshoi (Joinville) e Escola musical de  Tchaikovsky (Fortaleza) com o apoio do Conservatório de Moscovo. O Festival da Cinema Brasileira anualmente se realiza Em Moscou, e em 2013 foi inaugurado o Centro Cultural Brasileiro, que também realiza palestras regulares, concertos, e outros eventos.

Durante vários anos opera com sucesso o programa "Ciência sem Fronteiras", projeto do Ministério da Educação e Ciência da Federação da Rússia e do Ministério da Educação da República Federativa do Brasil. O programa dá a estudantes brasileiros, inclusive estudantes de pós-graduação, a oportunidade de estudar na instituições e universidades russas e organizações de pesquisa por um período de 1 a 3 anos, a fim de ganhar experiência de atividades de pesquisa acadêmica e organizar intercâmbio de pessoal científico e acadêmico russo e brasileiro.

A Rússia e o Brasil também estão cooperando no campo dos esportes. Ambos os estados foram selecionados para sediar grandes eventos esportivos (Jogos Olímpicos e Paraolímpicos, Copa do Mundo FIFA). Neste contexto, em 2013, dois governos assinaram o Memorando de Entendimento sobre Cooperação em Matéria de Governança e Legados Relativos à Organização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos e Copas do Mundo FIFA 2013.